Como surgiu o Telescópio Maior

Cabo Frio, cidade do estado do Rio de Janeiro, atrai turistas de diversas partes do Brasil e do exterior por causa de suas lindíssimas praias. E foi nesse paraíso natural, que em 1998, cinco de seus moradores, amantes da música, resolveram se reunir para "fazer um som", de uma forma bem expontânea e divertida.
Essa primeira formação tinha Tulio Barbosa no vocal e guitarra, Túlio Gonzaga no Baixo, Herbert na bateria, Daniel Macedo no teclado e Mateus Souza no vocal e teclado. O grupo então formado passou a se chamar Super Natal, resolvendo fazer deste simples prazer de tocar e cantar, um veículo para melodias com letras de qualidade, que levassem à reflexão, e dentro de uma alegria sadia levantar o astral das pessoas. A Banda começou a se apresentar em eventos promovidos pela LBV, tanto em Cabo Frio como em algumas cidades do estado do Rio.
Hoje, já como Telescópio Maior, os integrantes são: Carlos Duarte, produtor, cantor, compositor, violonista e contrabaixista, membro da UBC (União Brasileira dos Compositores) e OMB (Ordem dos Músicos do Brasil), com trabalho significativo em âmbito Nacional; Túlio Gonzaga, compositor, guitarrista e ex-contrabaixista do Hibridi, grupo de rock, de Cabo Frio - RJ; José Herbert, baterista e percussionista que carrega forte influência do som do nordeste brasileiro; e Tulio Barbosa, compositor, conhecido no meio musical da LBV - Legião da Boa Vontade.

Musicalmente o Telescópio se diferencia por suas letras espiritualizadas e seu som descontraído. É um rock diferente.
Na foto acima temos, da esquerda para direita: Tulio Barbosa, Violão; José Herbert, Bateria; Túlio Gonzaga, Guitarra; Carlos Duarte, Baixo.